Eu não confio em Sony a go go

Hoje eu cometi um erro simples… Resolvi sair da minha vida de Nintendista convicto para entrar nas terras desconhecidas e arriscadas da Sony – e comecei com os dois pés na porta. Comprei um PSP Go, o mais novo handheld da Sony.

A primeira vista o PSP Go pode ser tudo o que um bom nerd jogador de video games pode querer, um aparelho pequeno, até bonito e com uma aparência ligeiramente futurista. Ledo engano…

Ao toque o aparelho nos passa a sensação de ser algo extremamente sensível e de difícil manuseio, os botões parecem estar se desfazendo nos dedos e, para piorar, o slide emperra com certa facilidade. As poucas melhorias – se é que podemos chama-las assim – acabam por se mostrar nada melhores em comparação com as versões anteriores:

O hardware continua praticamente o mesmo, com um leve aumento de memória RAM , e a tela ainda diminuiu. A capacidade de armazenamento em nada salva, pois ela descartou as UMD’s, que já não eram nenhuma maravilha, e a comunicação wireless continua a mesma, com o já ultrapassado padrão 802.11b.

A Sony ainda acabou atirando no próprio pé tentando vender o aparelho lá fora por US$250 dólares, quando o PSP 3000 ainda está na faixa dos US$200, e qualquer pessoa com um pouco mais de bom senso iria preferir comprar o mais barato, se tiver a oportunidade de testar e conhecer ambos.

Completando a façanha com chave de ouro, no final a Sony acabou disponibilizando apenas 250 títulos do portátil na loja online, único meio de se adquirir jogos para a nova versão, sendo que poucos estão na lista dos mais vendidos ou melhores jogos, deixando os poucos (e desavisados) jogadores que se aventuraram a comprar um PSP Go sem muita escolha de jogos e presos, de uma maneira quase ultrajante, a boa vontade da empresa.

No final das contas acabei repassando meu PSP Go para uma mente pouco menos favorecida e tendo um prejuízo de quase US$ 50, simplesmente para voltar de mente e coração aberto para o meu bom e velho Nintendo DS, que também não está se saindo muito bem no meu ver.

Para aqueles que estão desesperados para comprar um PSP, por favor, fiquem com o bom e velho 3000 ou, se for menos favorecido ou mais esperto, compre um 2000, as diferenças são pequenas (menores ainda se você pretende apenas jogar) e divirta-se, aguardando a Sony voltar ao seu velho eu e trabalhar com vontade.

Caio.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Eu não confio em Sony a go go

  1. khaio

    Bro, Sony owna e Nintendo sukeia

    sem mais. . .

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s